Londres e os códigos postais

Acho que a segunda coisa que as pessoas se perguntam quando estão em outro país é como não se perder. A primeira seria como se comunicar, certo? Hehehe quando cheguei em Londres, eu tinha um certo medo, não exatamente medo de me perder, mas medo de não conseguir me localizar e voltar pra casa, ou chegar onde devia.  Eu não falava inglês então a idéia de ter que pedir informação me aterrorizava.

Foi aí que me falaram que nos pontos de informações das estações estão disponíveis mapas da cidade. São várias opções de mapas, alguns mais detalhados, mapas das linhas de metro, das linhas de ônibus, mapa turísticos…  Comecei a sair com mapa na bolsa (sempre o do metro, mais simples).  Até eu memorizar as principais estações de metro e “salvar” o mapa de Londres na minha cabeça.london_underground_tube_map
Tenho amigos que vivem se perdendo em Londres. Dizem que as ruas aqui são complicadas e tal. Eu mesmo nunca me perdi de verdade. Eu ja dei mais volta do que devia, ja demorei pra chegar onde queria, mas nunca liguei pra ninguem chorando porque estava perdida. Pontos pra mim! Hahahah

O que me ajudou muito foi uma aula de ingles em que o professor meio que ensinou a gente a se localizar em Londres. Eis então que entendi o tal do “Post Code” ou o nosso CEP. No Brasil o CEP é uma combinação de números, certo? No Reino Unido o “CEP” é uma combinação de letras e números. E é pelo post code que você sabe em que parte da cidade fica o tal endereco, porque vamos combinar, numa cidade do tamanho de Londres, ruas com nomes exclusivos se torna algo raro!

Na aula, aprendi que com surto de crescimento da população de meados do século XIX, Londres precisava de um sistema de correio mais eficiente. O Sistema de Sir Rowland Hill foi baseado em torno de pontos cardeais e um escritório estabelecido para cada distrito, que foram organizados e contido dentro de um círculo de raio de 12 km do centro de Londres.  A capital então passa a ter 10 diferentes distritos postais e esses distritos postais são novamente divididos, formando os bairros. Ao todo, Londres tem 32!

O sistema de numeração também parece ser relativamente aleatória. NW1 é perto do centro de Londres, mas NW2 é muito mais longe. Isto é porque foram numerados alfabeticamente pelo nome da área que representavam e não pela distância do centro. Esses cógidos nos indicam a localização  de um endereço: E é para o Leste, S é para o Sul, SW é para Sudoeste, SE é para o Sudeste, W é para Oeste, WC é para Centro-Oeste, NW é para Noroeste e N é para o Norte.map-london-postcodesPor exemplo, um dos endereços mais conhecidos em Londres é a residência do primeiro-ministro:  10 Downing Street, SW1 2AA, Londres, Inglaterra . No endereço, 10 é o numero da residência e SW1 2AA (o código postal) indica que a residencia fica no Sudoeste da cidade. O nome da rua passa a não ser necessariamente preciso. Por isso, não se espante se vc ver algum endereço do tipo “10  SW1 2AA”.

Não há dois post codes idênticos em Londres. Uma mesma rua, por exemplo, pode ter post codes diferentes para os dois lados. A diferença será nos últimos três dígitos para o código postal. Então, se você precisa encontrar um endereço, tenha  certeza do código postal ou você pode ir parar no lugar errado.

Para quem não conhece Londres,  o sistema é um pouco enganador. O código postal W1 é frequentemente considerado como o centro de Londres, porque é o centro turístico e cultural, que é também conhecido como o West End, mas na verdade é um pouco oeste do centro. Quero ver se faço um post ensinando a “ler” o mapa e a se localizar em Londres…

Pesquisa: http://www.londontown.com e  www.milesfaster.co.uk

Bjinhus!

Anúncios

5 comentários sobre “Londres e os códigos postais

Os comentários estão desativados.